Técnico de Instalação e Manutenção de Edifícios e Sistemas - TIM-II

Técnico de Instalação e Manutenção (TIM) é o técnico qualificado responsável pela instalação e manutenção de equipamentos e sistemas nos edifícios que atuam no âmbito do Sistema de Certificação Energética (SCE), aprovado pelo DL nº 118/2013, de 20 de agosto.

Âmbito de atuação TIM-II

TIM-II atuam em edifícios com sistemas técnicos instalados, ou a instalar, inferiores a 100 kW de potência térmica nominal.

Deveres profissionais de um TIM

Um TIM tem o dever de exercer as suas funções em condições que garantam a sua total independência e a ausência de conflitos de interesses, i.e., não exercendo a sua atividade relativamente a edifícios do qual seja proprietário ou arrendatário.

Competências de um TIM

  • Assegurar uma gestão pró-ativa e fundamental de energia do edifício
  • Elaborar e/ou manter atualizado o Plano de Manutenção (PM) do edifício e seus sistemas técnicos 
  • Assegurar o cumprimento do PM verificando a sua boa execução
  • Informar o proprietário da necessidade de realizar a certificação energética do edifício, nos casos aplicáveis
  • Manter atualizado o projeto e demais documentação técnica sobre o edifício e seus sistemas técnicos, e aconselhar o proprietário na seleção de novos sistemas técnicos, exclusivamente no que respeita ao cumprimento do SCE, REH e RECS e demais legislação aplicável
  • Manter atualizado o livro de registo de ocorrências
  • Deve integrar a equipa de instalação dos novos sistemas técnicos, participando direta e ativamente nas tarefas bem como acompanhar os ensaios de receção das instalações

Profissionais de outro Estado Membro da União Europeia ou do Espaço Económico Europeu

Os profissionais que pretendam exercer a atividade de TIM em território nacional, em determinado âmbito de atuação e em regime de livre prestação de serviços, devem efetuar a declaração prévia referida no artigo 5.º da Lei nº 9/2009, de 4 de março, alterada pela Lei n.º 41/2012, de 28 de agosto, após o que a entidade gestora do SCE procede automaticamente ao registo dos membros enquanto técnicos do SCE na categoria correspondente.

Reconhecimento Profissional como TIM-II

No âmbito da nova legislação do Sistema de Certificação Energética (SCE), foram estabelecidos novos critérios e requisitos para o acesso à atividade dos técnicos de instalação e manutenção dos edifícios e sistemas.

Ao abrigo deste pacote legislativo, foram definidos os procedimentos a que os candidatos deverão obedecer para este reconhecimento profissional.

Vias de acesso para reconhecimento profissional

Leia atentamente a informação sobre os requisitos necessários sobre cada uma das vias de acesso, e em função da adequada à sua situação veja quais os procedimentos para submissão da sua candidatura para reconhecimento profissional como TIM-II.

A qualificação profissional via Catálogo Profissional de Qualificações (CNQ) é obtida por entidades formadoras certificadas para o efeito, sendo, neste caso, pela Direção Geral de Energia e Geologia, conforme disposto no artigo 3º, nº 3, da Lei nº 58/2013, de 20 de agosto, e nos artigos 5º a 8º da Portaria nº 66/2014, de 12 de março.

Para as entidades formadoras obterem a certificação para este efeito, devem submeter o pedido na Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), através do respetivo formulário disponível.

Após a certificação pela DGEG, as entidades formadoras remetem à ADENE – Agência para a Energia, os certificados de qualificações que emitam relativamente aos seus formados TIM, conforme disposto no artigo 3º, nº 5, da Lei nº 58/2013, por forma aos candidatos a TIM poderem proceder ao respetivo reconhecimento.

 

Os técnicos de qualidade do ar interior (TQAI), cujas competências foram definidas pelo artigo 22º do DL 79/2006, poderão ser equiparados a TIM-II de acordo com o definido pelo pelo nº 4 do artigo 13º da Lei nº 58/2013.

Para o efeito, os candidatos deverão solicitar junto da entidade gestora do SCE, a ADENE, a equiparação como TIM-II, através dos seguintes passos:

1º PASSO
Preencher a declaração de equiparação TQAI a TIM-II (pode fazer o download aqui)

2º PASSO
Enviar a declaração devidamente preenchida para o endereço de e-mail sce@adene.pt, em formato PDF.

3º PASSO
Por fim, a ADENE:

  1. Valida o pedido de equiparação
  2. Emite o cartão de TIM-II
  3. Regista o técnico SCE como profissional da categoria TIM-II
  4. Divulga a lista dos técnicos TIM-II na bolsa de técnicos credenciados

Calendário das próximas edições

Consulte as edições disponíveis apresentadas em baixo e selecione a data e o local em que pretende realizar exame

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
Email
Close Menu

Este site usa cookies. Ao continuar a navegar, concorda com a utilização dos cookies do nosso site. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close