Enquadramento

Proporcionar uma formação sólida, dos pontos de vista teórico e prático, relativa aos conceitos fundamentais sobre a envolvente do edifício (comportamento térmico e eficiência dos sistemas) no quadro do REH e abordando também a componente de RECS com potências nominais de climatização até 40 kW, conforme definido no DLR n.º 4/2016/A.

Esta formação também confere os conhecimentos necessários para uma adequada preparação para exame de PQ I.

Formação com uma duração total de 7 dias, sendo 5 dias dedicados à componente REH e 2 dias dedicados à componente RECS.

O exame de acesso a PQ I será realizado pela ADENE em plataforma informática, de acordo com o previsto na portaria 66/2014.

Objetivos

O objetivo deste curso é proporcionar aos formandos uma formação sólida, dos pontos de vista teórico e prático, relativa aos conceitos fundamentais sobre a envolvente do edifício (comportamento térmico e eficiência dos sistemas) no quadro do REH e sobre os edifícios de comércio e serviços no seu todo (envolvente, sistemas, equipamentos e metodologias de cálculo), a qual estará subordinada ao definido no RECS ( até potencias térmicas nominais até 40 kW).

A formação terá uma duração de 7 dias, sendo 5 dias dedicados à componente REH e 2 dias dedicados à componente RECS.

Serão disponibilizadas ferramentas de cálculo REH e RECS (simulação dinâmica monozona) que terão em conta a legislação da Região Autónoma dos Açores.

Métodos Pedagógicos

Os conteúdos são apresentados em formato powerpoint, com exposição oral, e serão distribuídos aos formandos em suporte papel.

Formação em Português.

Conteúdos programáticos

  • Introdução ao REH
  • Aspetos transversais à regulamentação, conceitos e parâmetros térmicos
  • Cálculo das necessidades de energia para aquecimento (Nic e Ni)
  • Cálculo das necessidades de energia para arrefecimento (Nvc e Nv)
  • Ventilação mecânica, Preparação AQS e Energias Renováveis
  • Cálculo das necessidades globais de energia primária (Ntc e Nt)
  • Comportamento térmico e eficiência dos sistemas em edifícios existentes
  • RECS – Formação serviços
  • Exemplos práticos de aplicação das metodologias de cálculo REH e RECS.

 

Destinatários

Mestres e licenciados em arquitetura, mestres e licenciados em engenharia civil, mecânica, eletrotécnica e energia e sistemas de potência, e outras áreas de engenharia.

De acordo com o definido na Lei n.º 58/2013, para o acesso e exercício da atividade como técnico do SCE da categoria PQ-I é necessário que o candidato detenha as seguintes qualificações profissionais:

  • Arquitetos, engenheiros civis, engenheiros técnicos civis, engenheiros mecânicos, engenheiros técnicos mecânicos, engenheiros eletrotécnicos, engenheiros técnicos de energia e sistemas de potência, especialistas em engenharia de climatização ou energia, inscritos nas respetivas associações públicas profissionais.
  • Cinco anos de experiência profissional em atividade de projeto ou construção de edifícios.
  •  Aprovação em exame realizado pela ADENE, enquanto entidade gestora do SCE e cujos conteúdos programáticos constam da Portaria n.º 66/2014, de 20 de agosto.

Este exame será realizado através da Plataforma de Gestão da Avaliação (PGA).

Certificado de Formação

No final do curso será entregue por via digital um Certificado de Formação a cada um dos participantes.

Preço

650€ + IVA

Carga Horária

Laboral 32 horas

Tipo de Ensino

Presencial

Informações

formar@adene.pt

Material obrigatório para todos os dias da formação

materiais da responsabilidade do Formando:

1. LEGISLAÇÃO (versão 9.0)   

       Índice legislação Exames PQ-I e PQ-II

  1. Decreto-Lei n.º 28/2016 – quarta alteração do DL 118/2013, SCE, REH e RECS

  2. Decreto – Lei n.º 68-A-2015

  3. Lei n.º 58-2013 – Técnicos SCE 

  4. Portaria n.º 349-A/2013 – Competências e taxas

      Portaria 115/2015 – alteração dos Anexos I, III, IV e V da Portaria n.º 349-A/2013

      Portaria 39/2016 – segunda alteração do Anexo IV da Portaria n.º 349-A/2013

  5. Portaria n.º 349-B/2013 – Requisitos

      Portaria n.º 379-A/2015 -1ª alteração à Portaria n.º 349-B/2013

      Portaria n.º 319/2016 – 2ª alteração à Portaria n.º 349-B/2013

  6. Portaria n.º 349-C/2013 – Elementos para licenciamento – fichas de cálculo

      Declaração de retificação n.º4/2014 – retifica a Portaria n.º 349-C/2013

      Portaria n.º405/2015 – 1ª alteração à Portaria n.º 349-C/2013

  7. Portaria n.º 17-A/2016 – 1ª alteração à Portaria n.º 349-D/2013

  8. Portaria n.º 353-A/2013 – RECS Ventilação e QAI

       Declaração de retificação n.º2/2014 – retifica a Portaria 353-A/2013

  9. Portaria n.º 66/2014 – Formação técnicos SCE

 10. Despacho 15793-C/2013 – modelo do CE

 11. Despacho 15793-D/2013 – fatores de conversão

       Declaração de retificação n.º129/2014 – retifica o Despacho nº. 15793-D/2013

 12. Despacho 15793-E/2013 – regras de simplificação para edifícios existentes e sujeitos a grandes intervenções

        Valores por defeito para edifícios existentes

 13. Despacho 15793-F/2013 – zonamento climático e respetivos dados

        Declaração de retificação n.º130/2014 – retifica o Despacho nº. 15793-F/2013

 14. Despacho 15793-G/2013 – ensaio e receção provisória das instalações

 15. Despacho 15793-H/2013 – contabilização de sistemas para aproveitamento de fontes de energias renováveis

 16. Despacho 15793-I/2013 – metodologia de cálculo para determinar as necessidades nominais de energia útil e energia primária

       Declaração de retificação n.º128/2014 – retifica o Despacho nº. 15793-I/2013

 17. Despacho 15793-J/2013 – determinação da classe energética

 18. Despacho 15793-K/2013 – parâmetros térmicos

       Declaração de retificação n.º127/2014 – retifica o Despacho nº. 15793-K/2013

 19. Despacho 15793-L/2013 – metodologia de apuramento da viabilidade económica

 20. Despacho n.º 7113/2015 – critérios de seleção de verificação da qualidade dos processos efetuados pelos técnicos do SCE 

 21. Despacho n.º 14985_2015 – metodologia de cálculo da contribuição da energia renovável obtida a partir de bombas de calor

 22. Extrato da norma EN 137779 – ventilação em edifício não residenciais

 23. Decreto Legislativo Regional n.º 4/2016/A – Adapta à Região Autónoma dos Açores o SCE

2. Perguntas & Respostas do Sistema de Certificação Energética de Edifícios (SCE)

 |maio 2015 | versão 0

3. ITE 50 (LNEC)

4. Marcadores de cor: verde, azul, vermelho, amarelo e castanho (cores obrigatórias)

5. Computador portátil com Sistema Operativo Windows e Excel 2013 

6. Máquina de Calcular (o telemóvel não é aceite como alternativa)

 

materiais da responsabilidade da ADENE:

7. dossiê do Formando e que é  entregue no 1º dia do curso   

 

Calendário das próximas edições

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
Email
Close Menu

Este site usa cookies. Ao continuar a navegar, concorda com a utilização dos cookies do nosso site. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close